domingo, 21 de agosto de 2016

Material Selvagem - Planejamento da Visão Geral para uma Campanha de Pontos Chave

“Hmm... como será que posso estruturar minha próxima campanha?”
- Narrador, divagando durante um momento de brainstorm.

Saudações aventureiros selvagens!

E depois de outro grande (e deveras inconveniente) hiato, o Veterano resolveu transformar sua resignação por não poder ir ao Diversão Offline (bem... quem sabe no próximo ano?) em algo mais produtivo, trazendo mais um artigo do blog Savage Stuff com algumas dicas sobre como escrever aventuras para Savage Worlds. Dessa vez, Richard Woolcock compartilha conosco algumas dicas sobre como elaborar um planejamento geral de uma Campanha de Pontos Chave, assim como um belo exemplo prático. Boa leitura!

Planejamento da Visão Geral para uma Campanha de Pontos Chave
Por Richard Woolcock

Em minha postagem anterior no blog, eu considerei sobre Episódios dePontos Chave Vs. Histórias Selvagens Vs. Aventuras Rápidas, o qual expandiu uma postagem anterior sobre o uso de Séries de TVcomo Campanhas de Pontos Chave. Se você leu essas postagens, deve possuir uma boa ideia de sobre como criar uma Campanha de Pontos Chave através da engenharia reversa de uma série de TV, transformando cada episódio em um Episódio de Pontos Chave ou uma História Selvagem, dependendo de sua importância para a trama central.

Mas o que, em termos de criação de uma Campanha de Pontos Chave baseada em um cenário de RPG, que já não está dividido em episódios convenientes? Muitas ambientações de Savage Worlds já incluem suas próprias Campanhas de Pontos Chave, mas talvez você esteja utilizando um que não - ou talvez você tenha concebido o seu próprio cenário, e agora deseja adicionar uma Campanha de Pontos Chave. Por onde começar?

Retratação: Como é evidente, tudo isso é minha opinião. Não existe um "único caminho verdadeiro" para escrever uma Campanha de Pontos Chave, mas esta abordagem funciona para mim, então talvez outros possam achar que é de interesse também.

Identifique a Trama Central
É óbvio que é necessário definir a trama central da campanha antes de escrever os Episódios de Pontos Chave, então vamos cobrir isso em primeiro lugar.

A maioria das Campanhas de Pontos Chave oficiais são muito épicas em seu escopo, muitas vezes chegando ao ponto de serem bastante destrutivas para o cenário (Nota do Veterano: é, fui obrigado a me lembrar de Dark Sun depois dessa...). Considere Mal Necessário ou 50 Fathoms, por exemplo – toda a campanha gira em torno de uma ameaça para o mundo, e uma vez que os heróis a derrotam, muito do cenário torna-se “obsoleto”. Você pode continuar narrando a campanha após os jogadores derrotarem o vilão principal da história, mas o cenário irá evoluir para algo completamente diferente.

É claro que você não precisa levar as coisas tão longe, mas a campanha deveria abranger pelo menos um grande evento, caso contrário, ela não vai ser muito cinematográfica. Se você está criando uma Campanha de Pontos Chave para Eberron, por exemplo, então ela pode ser definida durante a Última Guerra, ou poderia envolver um evento de abalar o mundo instigado pelo Senhor das Lâminas, ou uma segunda incursão planar de Xoriat, etc. – algo de grande importância para o cenário (Nota do Veterano: aposto que os leitores familiarizados com esta ambientação ficaram no mínimo instigados com as referências... pelo menos, eu fiquei, rs).

Além da trama principal, eu também gostaria de tecer um par de subtramas, para ajudar a dar profundidade à história. Estas subtramas deveriam dar suporte à trama principal sem sobrecarregá-la.

Resuma os Episódios
Uma vez que você definiu a trama central, é hora de quebrar a sua história em uma série de Episódios de Pontos Chave. Mal Necessário fornece um resumo de Pontos Chave com cerca de 50 palavras por episódio, e eu acho isso uma excelente maneira de desenhar o contorno para a campanha, dando um breve resumo de cada episódio.

Acredito que 10 Episódios de Pontos Chave é um bom número para visar, embora qualquer intervalo entre 8-12 também seja bom para a maioria das campanhas.

Exemplo: Drakonheim: Cidade dos Ossos
Drakonheim: City of Bones
Um dos meus projetos recentes envolveu escrever um Compêndio de Savage Worlds para o cenário de Drakonheim. Embora ele não inclua uma Campanha de Pontos Chave, o meu trabalho me exigiu tornar-se muito familiarizado com a ambientação, tornando-o um candidato fácil de usar como exemplo.

O cenário de Drakonheim contém uma grande quantidade de conteúdo para uma campanha, mas alguns elementos em particular gritam “épicos” para mim. Estes são os três tópicos que eu provavelmente escolheria para tecer juntos na trama central.

Trama Central: O Grande Dragão
O recém-desperto dragão Kolrax começou a usar sua poderosa magia para vincular secretamente seres inferiores à sua causa, exigindo obediência de um clã hobgoblin, bem como uma organização clandestina dentro de Drakonheim. Mas como é que uma criatura tão orgulhosa e arrogante vê uma cidade que foi construída com os ossos de sua própria mãe, e como ele vai utilizar sua influência em expansão?

Subtrama #1: O Bando dos Quatro
O Bando dos Quatro eram famosos heróis da Era de Ouro de Drakonheim, que foram mortos em um contragolpe de energia necromântica após destruírem o Rei Lich Ezarion. Um vidente profetizou que eles retornariam novamente na hora de maior necessidade de Drakonheim, mas essas profecias, muitas vezes possuem uma reviravolta inesperada.

Subtrama #2: Conhecimento Ancestral
A Sociedade Cinzenta é uma antiga ordem de necromantes, que agora perambulam abertamente pelas ruas de Drakonheim, depois de salvarem a cidade de uma invasão hobgoblin. Recentemente, alguns de seus pesquisadores têm redescoberto uma técnica há muito perdida para a criação de mortos-vivos inteligentes, mas onde eles descobriram este ritual obscuro? Desde os tempos de Ezarion que nenhum mago mortal foi capaz de alcançar tal feito.

Resumo de Pontos Chave
Aqui está o meu Resumo de Pontos Chave para uma Campanha de Pontos Chave fictícia de Drakonhein, dividida em 10 episódios. Obviamente, este resumo inclui uma série de referências a informações encontradas no livro do cenário, então tenho muito receio do que pode parecer obscuro, se você não estiver familiarizado com Drakonhein – mas o princípio fundamental ainda deve ser bastante autoexplicativo, podendo ser aplicado a qualquer cenário.

Episódio #1: Coisa Cinzenta
Uma criatura ameaçadora surgiu a partir dos esgotos, e caça pelas ruas de Drakonheim. É uma experiência que escapou da Sociedade Cinzenta? Um guardião antigo perturbado por escavadores goblins? Ou um elaborado plano, arquitetado para virar a população contra os necromantes? Este episódio piloto introduz os heróis ao cenário, e a acirrada política das grandes facções de Drakonheim.

Episódio #2: Coroa Quebrada
Os heróis são contratados para investigar as origens do Homem Cinza, e descobrir seus segredos, mas eles logo se veem apanhados numa corrida mortal contra outras organizações. Quem são esses misteriosos rivais, e podem os heróis vencê-los para conseguir o prêmio?

Episódio #3: Gosto do Poder
Uma onda de crimes atingiu recentemente uma série de negócios chave em Drakonheim, e a única coisa que os conecta é um elixir viciante que possui um estranho efeito sobre aqueles que o bebem. Mas o que é a fonte dessas poções, e quem está vendendo-os para o submundo do crime?

Episódio #4: Agente Adormecido
Coisas estranhas estão em andamento em Drakonheim, e alguém poderoso vem tentando usar os heróis como peões em um jogo mortal. Mas quem está puxando as cordas, e qual seria seu verdadeiro objetivo? Poderão os heróis descobrir a identidade desta figura misteriosa antes que seja tarde demais?

Episódio #5: Olhos do Inimigo
O exército hobgoblin se espalhou quando Hazdrol foi morto, mas um novo chefe guerreiro tem se destacado rapidamente, reunindo os clãs para sua causa. No entanto, há algo perturbadoramente familiar sobre sua aparência – podem os heróis ligar os pontos e descobrir a verdade?

Episódio #6: Legado de Ezarion
Os pedaços de um antigo mistério começam a se encaixar, assim como os heróis descobrem um segredo muito obscuro. Mas mesmo uma espada amaldiçoada possui dois gumes, e Drakonheim precisará de todas as vantagens que puder obter se a ameaça iminente provar-se real.

Episódio #7: Tambores da Guerra
Drakonheim enfrenta a guerra novamente, e os riscos são ainda maiores do que da última vez. Os heróis devem recorrer a todos os seus aliados, antigos e novos, se a cidade quiser ter qualquer esperança de sobrevivência.

Episódio #8: Retorno dos Quatro
Como Drakonheim está à beira da guerra, uma grande profecia é finalmente cumprida, mas ela vem com um preço que ninguém havia previsto e que poucos estão dispostos a pagar.

Episódio #9: Legião Óssea
Organizações secretas finalmente mostram suas mãos, revelando seus segredos como os exércitos que se chocam, e Drakonheim se encontra no meio de uma guerra em todas as frentes. O destino da cidade está na balança, e o futuro parece sombrio.

Episódio #10: Explosão do Passado
Com os exércitos presos em uma terrível batalha, o verdadeiro inimigo finalmente se revela, e somente os heróis possuem os meios para impedi-lo. Mas quão longe eles estão dispostos a ir, e quanto eles estão dispostos a sacrificar, para salvar o povo de Drakonheim?

Escrevendo as Aventuras
Como mencionei em meu artigo anterior, um típico Episódio de Pontos Chave deveria provavelmente ser em torno de 1200 palavras, enquanto que uma História Selvagem típica seria normalmente em média, cerca de 1000 palavras, e estes seriam estruturados de forma semelhante a uma Aventura Rápida. Espero que você já tenha escrito algumas Aventuras Rápidas antes de tentar enfrentar uma Campanha de Pontos Chaves – então, agora você só tem que aplicar a mesma abordagem a cada um dos Episódios de Pontos Chave e Aventuras Selvagens.

Histórias Selvagens
O cenário de Drakonheim contém oito esboços de aventuras que são cada uma cerca do tamanho de uma História Selvagem, e estruturada de uma forma muito semelhante, e essas aventuras apresentam aos jogadores vários locais e pessoas importantes, por isso, nós já temos um ponto de partida. No entanto, eu provavelmente gostaria de acrescentar pelo menos mais uma dúzia de Histórias Selvagens, talvez até duas vezes maiores que se eu quisesse algo comparável em tamanho com outras Campanhas de Pontos Chave.

Gerador de Aventuras
A maioria das Campanhas de Pontos Chave também incluem um gerador de aventuras aleatórias, pois esta é uma ótima maneira de adicionar aventuras extras rapidamente. O Compêndio de Drakonheim já inclui um gerador de aventuras, mas se você está pensando em criar o seu próprio, eu recomendo dar uma olhada em outros livros de ambientação, assim como geradores de aventuras online – você não precisa de nada complexo, apenas um esqueleto de uma história para o Mestre construir em cima.
Postar um comentário