domingo, 31 de janeiro de 2016

Savage Worlds Starcraft - Terranos - O Traje de Combate CMC

Saudações heróis selvagens!

Dando continuidade a adaptação de Starcraft para Savage Worlds, hoje o Veterano complementa o artigo anterior trazendo detalhes sobre o Traje de Combate CMC, vital para a sobrevivência dos soldados terranos em batalha. Salvo quando for especificado o contrário, foram utilizadas como base as regras existentes na Edição Brasileira do Savage Worlds e no Science Fiction Companion.

Traje de Combate CMC Séries 300/400
“Como é que eu tiro essa porcaria de traje?!”
- Soldado Terrano (Recruta)
Jim Raynor e seu velho (e turbinado) Traje CMC. (Fanart)
Este traje é o equipamento padrão das forças terranas, contando com recursos que aumentam a sobrevivência e habilidades de combate do usuário. O mesmo também inclui um display integrado no visor do capacete (HUD) e equipamentos de comunicação para melhor coordenação em campo.

Todas as variantes da CMC oferecem a proteção de um exoesqueleto que protege consideravelmente contra fogo de armas de pequeno porte, suporte vital NBQ (Nuclear, Biológico e Químico) completo para operações no espaço e em outros ambientes hostis, compatibilidade com aceleradores gravitacionais, e um sistema de trava de emergência (projetado para bloquear e isolar membros danificados, a fim de impedir que um soldado ferido sangre até a morte, em caso de comprometimento do traje), os quais são apenas alguns dos benefícios que as tropas usufruem no campo de batalha.

Cartuchos de fusão a frio de fácil substituição e convenientemente localizados na área peitoral fornecem energia aos sistemas do traje. Os servomecanismos extensos do mesmo aumentam as capacidades físicas do soldado, melhorando sua eficácia em combate. Armaduras da classe CMC permitem que o usuário energize e utilize armas pesadas como o Rifle Gauss C-14 sem a menor dificuldade ou transtornos devido ao recuo dos disparos.

A parte superior traseira do traje CMC abriga uma série de tubos que compõem a maior parte de um eficiente sistema de resfriamento líquido, auxiliado por um conjunto duplo de duas turbinas de alta velocidade. Estas turbinas "sobrecarregadas" expelem o calor produzido pelos geradores de energia da armadura, assim como o acúmulo de temperatura em condições atmosféricas hostis. Reatores de fusão fria no campo tem uma taxa de falha operacional inferior a .05% - uma proporção tão impressionante que é regularmente atribuída a um “milagre divino”.

Traje de Combate CMC-300/400 (Soldados)
Chassi: Leve; Peso: 50 Kg; Armadura: +8; Movimentação: 8; Custo: $ 540K / Militar; Modificações: 5
Mods.: Auto Selagem (o usuário da armadura não sofre efeitos de despressurização súbita); Aprimoramento de Força x1 (aumentam a Força do usuário em um tipo de dado); Travas Magnéticas (o traje é equipado com poderosos ímãs, permitindo ao usuário subir em superfícies metálicas); Mira Computadorizada (ignora até -2 nas rolagens de Atirar); 1 espaço livre para customização.

Opções de Customização: Sistema Anti-trauma (faz um teste de Curar (d8) toda vez que o usuário estiver ferido; +2 para se recuperar-se da condição Abalado); Armadura Extra x1 (+2 de Armadura); Sensores Avançados (+2 nas rolagens de Perceber); Aprimoramento de Força (aumentam a Força do usuário em um tipo de dado extra para cada implementação); Unidade de Alimentação (a armadura pode operar por até 72 horas adicionais para cada bateria extra antes de recarregar); Unidade de Comunicação Avançada (aumenta o alcance das unidades de comunicação para 800 km); Injetor de Esteroides (aplica uma dose de injeção de esteroides no usuário do traje como uma ação livre; comporta até dez doses).

Diagramas de um Traje de Combate CMC.
Curiosidades sobre os Trajes de Combate CMC:
  • Mesmo com a queda da Confederação Terrana, a sigla “CMC” (que muitos soldados acreditam se referir ao Corpo de Fuzileiros Confederados) ainda é utilizada nas séries posteriores deste modelo de traje (embora na verdade, o acrônimo significa Corporação Multinacional Cirion, a desenvolvedora dos trajes). “Casca Grossa” também é outro termo muito utilizado para descrevê-la entre os soldados.
  • O traje é comumente personalizado, possuindo artes tanto na armadura quanto na viseira do capacete.
  • O tamanho e volume de alguns tipos de armaduras antes e durante a Grande Guerra requeriam um treino frequente para vesti-las eficientemente. Dependendo das condições materiais do traje e da experiência do usuário, poderia se levar de três a vinte minutos para equipar o traje. O constante uso de brocas permitiu aos primeiros Filhos de Korhal completar tal tarefa em um minuto.
  • Embora tardiamente, métodos mais fáceis foram disponibilizados após a Guerra das Castas. Alguns trajes permitem que o capacete e os segmentos que o rodeiam sejam removidos e substituídos, permitido ao usuário simplesmente subir através da abertura. Um método mais “íntimo” consistiu no traje que está sendo construído a partir de peças pré-fabricadas em torno do usuário, aparentemente confinando-o dentro (o vídeo a seguir demonstra como funciona tal procedimento).
  • Os trajes da série CMC-400 são uma versão atualizada do CMC-300, possuindo como novidade, um sistema injetor de esteroides integrado (considere-o como um espaço extra para modificações exclusivo para esta função). Tal traje já estava em pleno serviço em 2491, mas ainda era considerado "novo", oito anos depois, no início da Grande Guerra.
  • Não é incomum encontrar em alguns planetas do setor, grupos que ainda utilizem versões anteriores dos trajes CMC recondicionados (principalmente entre as milícias). Apesar de possuírem maiores restrições quanto a modificações (trate-as como possuindo um ou dois espaços a menos, dependendo do modelo), sua efetividade em termos de proteção é quase que a mesma das séries mais atuais.
Trajes de Combate CMC sendo posto a prova em ambiente hostil.
Nota do Veterano: os termos utilizados nas estatísticas do traje de combate (principalmente nas modificações) são uma tradução extra oficial dos existentes no Science Fiction Companion. Uma atualização com os termos apropriados será providenciada quando uma versão traduzida do mesmo estiver disponível no mercado brasileiro.
Postar um comentário