sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Savage Worlds Starcraft - Terranos - Médicos de Combate – Parte 1/2

Saudações heróis selvagens!

Depois de um inconveniente contratempo, continuamos hoje com a adaptação de Starcraft para Savage Worlds, apresentando uma visão geral sobre aqueles que se esforçam para manter os soldados terranos inteiros (ou quase isso!): os médicos de combate. Salvo quando for especificado o contrário, foram utilizadas como base as regras existentes na Edição Brasileira do Savage Worlds e no Science Fiction Companion.

Nota do Veterano: como este artigo ficou um pouco mais extenso do que o planejado (devido principalmente as novas modificações para o traje de combate), ele será dividido em duas partes, com sua continuação sendo disponibilizada ainda neste final de semana.

Unidades Terranas - Médico de Combate
"Os terranos são os soldados mais durões de toda a galáxia.
Mas quando eles se encrencam, adivinha quem eles chamam?"

- Tenente Rosa Morales, Médica de Combate

"A médica está aqui!" (para o bem ou para o mal!)
Durante a Guerra das Guildas, a Confederação Terrana experimentou adicionar médicos da Frota Colonial às unidades de infantaria nas linhas de frente.

Apesar de sofrer muitas baixas, o Corpo de Fuzileiros da Confederação manteve sua força graças a agressivas práticas de recrutamento. Com o início da Grande Guerra, os médicos Confederados foram mantidos em bases para cuidar dos feridos, embora às vezes também fossem destacados para esquadrões e/ou pelotões. Quando em campo, geralmente possuiam uma aparência distinta em relação aos soldados (tradicionalmente, uma armadura branca com uma cruz vermelha). Até mesmo grupos como os Saqueadores de Raynor já tiveram médicos atuando nas linhas de frente, em incontáveis ocasiões.

Com a chegada dos protoss e dos zergs, e o reinício dos conflitos, as perdas de soldados tornou-se algo próximo do proibitivo. A frota de pacificação da Congregação da Terra Unificada (CTU) incluiu médicos de combate em suas tropas. No início, devido ao massivo recrutamento masculino para a infantaria depois da Guerra das Guildas, grande parte do contingente de médicos de combate recrutados eram mulheres com treinamento científico e militar especializado.

As proezas tecnológicas trazidas pela CTU contemplavam também o campo da ciência médica. Os recursos médicos foram ampliados com a adição de novos compostos químicos que aumentavam as taxas de sobrevivência dos soldados, assim como o uso de nano-transmissores anestésicos e lasers atenuados para realização de cirurgias locais. No entanto, as baixas ainda poderiam ocorrer e, para aliviar o sofrimento do soldado nesses casos, os médicos administravam uma droga que ficou conhecida como "Protocolo Final".

Médicos de Combate são frequentemente um alvo específico no campo de batalha. Por isso, além do traje de combate CMC-405, eles contam com um escudo de combate M115 já montado no braço da armadura. Apesar dessa proteção extra, eles ainda estão vulneráveis. Geralmente, seus únicos armamentos são uma Pistola Gauss C-7 e o Lançador de Granadas A-13, inicialmente usado para fornecer iluminação e sinalizador, assim como desorientar alvos inimigos (uma das muitas soluções criativas improvisadas no calor dos embates).

Mesmo após a Guerra das Castas, muitas facções do setor Koprulu continuam a usar médicos de combate. Até mesmo a Supremacia Terrana ainda mantém um programa de médicos de combate, uma vez que as Ambunaves ainda são um investimento caro para uma implementação total.

Médico de Combate Terrano (Novato)
Atributos: Agilidade d6, Astúcia d8, Espírito d6, Força d4, Vigor d6.
Perícias: Atirar d4, Atletismo d4, Conhecimento (Ciência) d8, Conhecimento (Medicina) d8, Curar d8, Lutar d4, Perceber d6, Pilotar d4.
Carisma: +0; Movimentação: 6/8*; Aparar: 4/5*; Resistência: 5/13 (8)* ou 17 (12)*

Vantagens: Acadêmico.

Equipamento: Traje de Combate CMC-405 (+8/+12 à distância), Pistola Gauss C-7 (Alcance 12/24/48, Dano 2d6, CdT 1, PA 2), Lançador de Granadas A-13 (Alcance 12/24/48, Dano Especial, CdT 1).

Observação: As estatísticas marcadas com * se aplicam somente quando estiver utilizando o traje de combate. O primeiro par de valores na Resistência aplica-se para ataques corpo-a-corpo.

Outras Informações e Dados Técnicos
Pistola Gauss C-7
O C-7 "Ferrão" é uma pistola gauss terrana de poder de fogo mediano que, assim como o Rifle C-14, dispara "espinhos" de metal de 8 mm (embora também possa fazer uso de balas de ponta oca), projetado para fornecer uma boa capacidade de penetração contra quase todos os tipos de armaduras. Não é incomum sua utilização entre as forças terranas, principalmente médicos e oficiais, como arma padrão.

Tipo
Alcance
Dano
CDT
Tiros
Custo
Peso
Força Mín.
Obs.:
Pistola Gauss C-7
12/24/48
2d6
1
24
Militar
1 Kg
-
Semi-Auto, PA 2

Lançador de Granadas A-13
O lançador de granadas A-13 foi o único armamento defensivo disponibilizado aos médicos de combate da CTU durante a Guerra das Castas, utilizado originalmente para lançar granadas de iluminação (usadas tanto para cegar oponentes quanto servir como sinalizador). Felizmente, foi constatada a necessidade (e urgência) de melhorarias para este equipamento, e aprimoramentos foram realizados, permitindo ao lançador disparar uma série de tipos de munições não letais, como granadas de Fumaça, PEM, Repulsão e afins (embora alguns engenheiros mais sanguinários tenham encontrado um modo de adaptar munições mais convencionais e destrutivas ao sistema padrão do lançador).

Tipo
Alcance
Dano
CDT
Tiros
Custo
Peso
Força Mín.
Lançador de Granadas A-13
12/24/48
    -
1
20
Militar
3 Kg
-

Escudo de Combate M115
Resultado de uma parceria entre a LarsCorp Tecnologias e a Remedius Sistemas Médicos, este escudo é uma versão aprimorada do M98 utilizado pelos soldados terranos (em termos de jogo, possui as mesmas estatísticas), no qual foram acrescentados na parte interna do escudo, pequenos compartimentos visando garantir um acesso rápido e fácil aos instrumentos e outros recursos médicos. Mas a principal alteração foi à inclusão de um compartimento blindado na parte frontal, grande o suficiente para acomodar a instalação de recursos como um Reator Caduceu, um Sistema de Salvaguarda ou até mesmo um Drone Médico (como tais componentes são grandes demais para serem instalados diretamente no traje de combate, e o escudo é montado diretamente no mesmo, este compartimento não deve ser considerado como um espaço extra).
Postar um comentário