terça-feira, 5 de julho de 2016

Material Selvagem - Episódios de Pontos Chave Vs. Histórias Selvagens Vs. Aventuras Rápidas

“Hmm... qual será o melhor tipo de aventura para jogar com a galera no fim de semana?”
- Narrador (indeciso), refletindo sobre sua próxima sessão de jogo.

Saudações aventureiros selvagens!

Hoje o Veterano traz mais um artigo do blog Savage Stuff com algumas dicas sobre como escrever aventuras para Savage Worlds. Dessa vez, Richard Woolcock faz um breve comparativo sobre os tipos de aventuras existentes no sistema. Boa leitura!

Episódios de Pontos Chave Vs. Histórias Selvagens Vs. Aventuras Rápidas
Por Richard Woolcock

Em minha postagem no blog sobre “Séries de TV como Campanhas de Pontos Chave”, eu falei sobre os dois tipos de aventuras mais comumente utilizadas em Campanhas de Pontos Chave: os Episódios de Pontos Chave, que cobrem o enredo central da trama, e têm de ser jogados em uma ordem específica, e as Histórias Selvagens, as quais podem ser inseridas na campanha quando e onde o Mestre achar mais conveniente.

Mas muitas ambientações também gostam de oferecer um terceiro tipo de aventura: Aventuras Rápidas. Estas aventuras independentes geralmente possuem cerca de 1000-1200 palavras, e cobrem ambos os lados de uma única folha de papel. Muito parecidas com os Episódios de Pontos Chave e as Histórias Selvagens, as Aventuras Rápidas fornecem uma visão geral da aventura, juntamente com as estatísticas de PdMs necessários, mas evitando prender-se com muitos detalhes. Estruturalmente, elas são muito semelhantes, mas como é que os três tipos de aventuras se comparam em tamanho?

Comparação de Tamanho
Corri alguns números muito brutos sobre Mal Necessário, e descobri que seus Episódios de Pontos Chave tendem a uma média em torno de 1200 palavras, enquanto que as Histórias Selvagens em torno de 1000 palavras. Esse é o mesmo tipo de intervalo (1000-1200 palavras) da maioria das Aventuras Rápidas. Há um pouco de variação (com algumas aventuras estando abaixo de 600 palavras, e outras alcançando 1500 palavras), e a aventura de partida é mais parecida com um episódio piloto de longa-metragem com mais de 2200 palavras, mas uma meta de 1200/1000 palavras parece ser uma boa regra geral para Episódios de Pontos Chave e Histórias Selvagens, respectivamente.

No entanto, isso parece sugerir que uma Campanha de Pontos Chave é muito parecida com uma coleção de Aventuras Rápidas. De fato, há até mesmo uma Aventura Rápida no final do Savage Worlds Deluxe chamada “As Chamas de Ascalon” que se descreve como uma “História Selvagem”! (Nota do Veterano: antes que algum curioso queira fazer o “tira-teima”... tal referência não consta na edição brasileira, rs.)

E então, já escolheu que tipo de aventura escrever? rs
Chegando ao Ponto
Porque esta informação é interessante? Porque ela quebra uma tarefa intimidante enorme (escrever toda uma Campanha de Pontos Chave) em uma série de tarefas menores e muito mais gerenciáveis (escrever várias Aventuras Rápidas).

Se você está preparando uma nova campanha, então provavelmente irá querer escrever algumas Aventuras Rápidas de qualquer modo, para despertar interesse e apoio – e uma vez que tenha algumas delas sob seu cinto, você terá uma ideia muito melhor do que é necessário para uma Campanha de Pontos Chave completa.

Isso também lhe dará uma boa ideia de como você pode dividir o esforço, assim como poder delegar facilmente Histórias Selvagens para outros escritores, enquanto foca-se na trama central – os Episódios de Pontos Chave. E porque você já escreveu algumas Aventuras Rápidas, você deve ter uma boa ideia de quanto tempo levará para escrever uma Campanha de Pontos Chave.

Se você pode escrever uma Aventura Rápida, então pode escrever uma Campanha de Pontos Chave. É apenas uma questão de escala.
Postar um comentário