domingo, 19 de junho de 2016

Terra Devastada: o Retorno do Apocalipse Zumbi Nacional!

“Quando não houver mais espaço no inferno, os mortos caminharão sobre a terra.”
- Despertar dos Mortos, George A. Romero

Salve caros sobreviventes!

Depois de um árduo esforço, algumas privações e muitos sacrifícios, o Veterano conseguiu encontrar uma bateria funcional com carga suficiente para colocar um notebook surrado para trabalhar e escrever este breve relato sobre a nova cara (mas ainda muito “feia”, diga-se de passagem, rs) do apocalipse zumbi nacional.

Terra Devastada 1.ª Edição
Terra Devastada, o jogo narrativo distópico escrito por John Bogéa (também conhecido por outros trabalhos como Abismo Infinito, A Trama, Mundo Perfeito, etc.), Fabrício Caxias e diversos outros colaboradores, é um dos pioneiros do gênero apocalipse zumbi no Brasil, que agora, cinco anos depois da primeira publicação através da Retropunk Publicações, irá ganhar uma segunda edição – mais robusta e canônica, cuja proposta é apresentar dezenas de novos elementos de trama, conspiração e sobrevivência, tornando a experiência imaginativa única – através de uma campanha de Pré-venda / Financiamento Coletivo, que se iniciará na próxima segunda feira, dia 20 de Junho, através do Catarse.

Para aqueles que ainda desconhecem o jogo (ou o conhecem somente de nome), eis um breve resumo e uma apresentação em vídeo (para intensificar ainda mais a imersão no clima do cenário) sobre a ambientação:
“O mundo sucumbiu a uma pandemia apocalíptica que converteu massivamente os seres vivos em monstros antropofágicos, débeis e violentos. Um vírus criado em laboratório – um tipo de arma biológica sem fins esclarecidos – se espalhou de forma desastrosa, dando início a um processo de contágio vertiginoso, colocando a raça humana em extinção. Os poucos sobreviventes se arriscam cruzando cidades infectadas e terrenos desolados em busca de um lugar seguro para viver. Uma jornada perigosa que desafia os conceitos de esperança, convicção e humanidade.”

Sobre a Edição Apocalipse
Terra Devastada: Edição Apocalipse
(versão prévia da capa, antes da versão final do título)
Esta nova edição de Terra Devastada será impressa em um formato diferenciado (21x21cm, semelhante ao utilizado em Abismo Infinito), com aproximadamente 150 páginas, Capa Dura colorida, miolo preto e branco (com possibilidade de doutone vermelho, caso seja alcançada a respectiva meta extra) em papel couche fosco 90g.

O cenário nos é apresentado em forma de documentário, com depoimentos de vários sobreviventes da pandemia viral. Há uma série de denúncias e declarações que apontam a Cerberus Lab – uma multinacional farmacêutica – de produzir armas biológicas em convênio velado com as Forças Armadas norte americanas (Nota do Veterano: referências... referências!! rs). Além de artigos da Hazma – uma rede global de jornalismo independente – sobre as atividades da corporação em diversos países subdesenvolvidos, envolvendo experimentos ilegais em cobaias humanas.

Com relação ao sistema de regras, a proposta é de que o mesmo seja ainda mais simples e intuitivo que o da edição anterior, arquitetado para tornar a narrativa fluída, livre e imaginativa. Sem obstáculos criativos, burocracias, estereótipos ou metodismos desnecessários. E cujas decisões dentro do jogo sejam tensas, arriscadas e podendo transformar completamente a vida de um personagem de uma cena para outra.

Uma amostra de como será a nova edição do Terra Devastada.
Sobre a Pré-venda / Financiamento Coletivo
Como de costume, a Retropunk pretende disponibilizar aos potenciais participantes desta campanha diversos níveis de recompensas (alguns com quantidade limitada, portando vale a pena estar preparado!), indo desde a aquisição de somente versão digital do livro, à possibilidade de participar de uma mesa oficial exclusiva de Terra Devastada narrada pelo próprio John Bogéa no próximo World RPG Fest, previsto para acontecer em Curitiba nos dias 17 e 18 de Setembro.

Orbituário: Cenário de Campanha
disponível como uma das metas extras.
Entre as possíveis metas extras, está incluída a opção de upgrade da qualidade do livro (citada anteriormente), um cenário de campanha oficial (tanto em versão digital quanto impressa), a adaptação do cenário para as regras do sistema de Savage Worlds (tanto em versão digital quanto impressa), escudo do narrador, dados personalizados, entre outras possibilidades.

Para os RPGistas fãs da temática apocalipse zumbi de modo geral, Terra Devastada: Edição Apocalipse pode vir a ser uma bela opção de aquisição para suas estantes (ou computadores, caso o novo formato do livro não seja de seu gosto). Pelas prévias que foram disponibilizadas no Facebook (uma das quais puderam contemplar neste artigo), o nível de qualidade do novo projeto gráfico está muito superior em relação à edição anterior.

O Veterano certamente tentará obter um exemplar desse guia de sobrevivência... mas no momento, sua preocupação e prioridade são cair fora desse refúgio temporário, pois escutou uma série de grunhidos não muito longe daqui!!
Postar um comentário