sexta-feira, 8 de abril de 2016

Novos “Livros Selvagens” à Caminho da sua Estante? Talvez...

“Alerta de Financiamento Coletivo! Alerta de Financiamento Coletivo!”
- Alarmobô, emprestado (e reconfigurado) do jogo Hearthstone.

Saudações leitores selvagens!
 
Bom, se vocês acompanharam as postagens da fanpage da editora Retropunk Publicações ou da comunidade Savage Worlds Brasil no Facebook nas últimas semanas, muitas das informações aqui contidas parecerão “notícia velha”. Contudo, se não for esse o seu caso, as informações do Veterano podem lhe interessar.

Em 2012, os RPGistas brasileiros tiveram a oportunidade de conhecer o sistema genérico Savage Worlds em bom português, graças a uma bem sucedida campanha de financiamento coletivo, a qual rendeu como um “bônus” no decorrer do processo as traduções dos três compêndios de regras disponíveis na época (Fantasia, Horror e Superpoderes) e do cenário Deadlands: Oeste Estranho.

Faz algum tempo que a Edição Brasileira do Savage Worlds impressa encontra-se esgotada, apesar da crescente demanda criada pelos novos jogadores. Felizmente para estes, tal quadro está para mudar.

Hoje (dia 08/04), a Retropunk iniciou uma nova campanha de financiamento coletivo através do Catarse, dessa vez visando à versão impressa do Compêndio de Horror e do Compêndio de Superpoderes, ambos com capa dura e miolo P&B (seguindo o mesmo padrão do Compêndio de Fantasia, publicado anteriormente através de pré-venda). E, em meio a todo o processo, disponibilizar também uma reimpressão / edição revisada (fato que, diga-se de passagem, está muito bem esclarecido na própria página do financiamento) do livro básico de regras, a princípio em “versão econômica”, ou seja, capa brochura e miolo P&B.

(Nota do Veterano: se você, estimado leitor, teve um “eventual princípio de fúria nérdica” devido a essa última informação, o Veterano recomenda enfaticamente que, levante-se um pouco, vá esticar as pernas e esfriar a cabeça antes de continuar a leitura; caso contrário, pode prosseguir tranquilamente).

Apesar de o foco do financiamento coletivo ser os compêndios acima citados, foram incluídas metas extras visando à melhoria da qualidade das publicações, inclusive com opções de capa dura e miolo colorido para o livro básico de regras. Se você acompanhou ou participou do financiamento coletivo do cenário Accursed (também publicado pela Retropunk), sim, é a mesma estratégia “pé no chão” sendo reutilizada.

Além das metas de melhoria, há também a possibilidade de serem liberadas diversas aventuras (em PDF) escritas por autores nacionais, o Compêndio de Ficção Científica (tanto em PDF quanto impresso) e o cenário Weird Wars: Segunda Guerra Estranha (também tanto em PDF quanto impresso - saiba um pouco mais sobre ele aqui). Embora a editora já possua planos para publicar estes títulos, caso suas respectivas metas sejam atingidas, isso poderá acelerar consideravelmente a chegada dos mesmos ao mercado nacional (e o mais interessante para quem participar do financiamento: gratuitamente, para aqueles que escolherem determinadas recompensas).

Compêndio de Sci-fi (Ed.Americana)
Há opções de recompensas e adicionais (add-ons) para todos os gostos (seja você um “novato” que conheceu Savage Worlds no evento da semana passada, ou um “veterano selvagem” que participou do financiamento original), indo desde itens exclusivos de outros financiamentos e brindes de eventos passados (que até então, seriam quase impossíveis de se adquirir) a edições de luxo (com capa de couro) limitadas dos cenários já publicados. E agora com o Catarse aceitando parcelar os valores dos apoios (em ate 4x), cogitar a aquisição de alguma recompensa fica ainda mais interessante (até para negociar aquela tradicional “vaquinha” com seu grupo regular de jogo).

O financiamento coletivo dos Compêndios de Horror e de Superpoderes irá durar por 60 dias, encerrando-se no dia 07/06/2016.

Nota do Veterano: e, se por qualquer razão que seja (exceto a de “controle financeiro no vermelho”, a única talvez realmente justificável... rs), acreditar que é melhor “esperar” para ver ou deixar para adquirir os livros em loja após o término da campanha, reveja tal conceito. O financiamento coletivo do Accursed também começou com uma versão inicial mais “econômica” e não só acabou com capa dura e miolo colorido, como também liberou diversas metas extras interessantes. E se logo no primeiro dia já foram alcançados quase 20% do total da meta inicial enquanto este artigo é escrito, quem sabe o que não vem por ai no decorrer dos próximos 60 dias?
Postar um comentário